Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Quem salvar animais de rua na Galiza, em Espanha, sem ter uma licença emitida pelas autoridades vai incorrer numa multa compreendida entre os 500 e os 5.000 euros, segundo o artigo 39.º da Lei de Proteção e Bem-estar Animal. O Parlamento galego aprovou essa lei que está agora a criar revolta entre associações e alguns partidos políticos.

De acordo com o El País, é uma “infração grave” a recolha de animais, equiparando-se, segundo o texto do diploma, ao abandono de animais.

Quanto ao valor monetário da multa, os 5.000 euros também são o máximo para quem, por exemplo, vende animais doentes ou até mesmo a um cidadão que infringe maus-tratos sobre um animal. No caso de alimentar um cão ou um gato, a lei indica que a multa varia entre 100 e 500 euros.

Em Espanha, o PSOE acusou mesmo o Governo de “promover um despacho feito por pessoas que não tiveram em conta os animais”.

Artigos relacionados

360 kg de lixo recolhido na Praia do Castelo do Queijo

A Praia do Castelo do Queijo, no Porto, está agora mais limpa! Com a ajuda de 400 voluntários, o SEA LIFE Porto realizou uma limpeza do areal e da zona rochosa reunindo 360 kg de lixo.

Município de Lagos inaugura 1.º Cemitério para Animais no Algarve

A cerimónia de Inauguração do Cemitério para Animais, em Lagos, decorreu no passado dia 8 de setembro.

Traficante apanhado pela PSP disse que a droga era do cão

Um homem desempregado, conhecido por Pinóquio, foi apanhado em flagrante, em Vila Real, a vender uma base de cocaína quando passeava um cão, que usava para dissimular o negócio de droga.