Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Quem salvar animais de rua na Galiza, em Espanha, sem ter uma licença emitida pelas autoridades vai incorrer numa multa compreendida entre os 500 e os 5.000 euros, segundo o artigo 39.º da Lei de Proteção e Bem-estar Animal. O Parlamento galego aprovou essa lei que está agora a criar revolta entre associações e alguns partidos políticos.

De acordo com o El País, é uma “infração grave” a recolha de animais, equiparando-se, segundo o texto do diploma, ao abandono de animais.

Quanto ao valor monetário da multa, os 5.000 euros também são o máximo para quem, por exemplo, vende animais doentes ou até mesmo a um cidadão que infringe maus-tratos sobre um animal. No caso de alimentar um cão ou um gato, a lei indica que a multa varia entre 100 e 500 euros.

Em Espanha, o PSOE acusou mesmo o Governo de “promover um despacho feito por pessoas que não tiveram em conta os animais”.

Artigos relacionados

GNR resgata 8 cachorrinhos em Mangualde

Militares do Posto Territorial de Mangualde resgataram 8 cachorrinhos recém-nascidos, que foram posteriormente encaminhados para o Canil Municipal do Sátão.






O olfato humano afinal é tão bom como o dos cães

O olfato humano é tradicionalmente considerado muito inferior ao da maioria dos animais, uma ideia que um neurocientista de uma universidade dos Estados Unidos classifica como “mito”.






Presidente Juncker diz ‘não’ à revisão da diretiva das aves e habitats

O Presidente Juncker e a sua Comissão confirmaram hoje que as diretivas da proteção da natureza na UE – as Diretivas Aves e Habitats – serão salvas e não revistas e enfraquecidas.