Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Quem salvar animais de rua na Galiza, em Espanha, sem ter uma licença emitida pelas autoridades vai incorrer numa multa compreendida entre os 500 e os 5.000 euros, segundo o artigo 39.º da Lei de Proteção e Bem-estar Animal. O Parlamento galego aprovou essa lei que está agora a criar revolta entre associações e alguns partidos políticos.

De acordo com o El País, é uma “infração grave” a recolha de animais, equiparando-se, segundo o texto do diploma, ao abandono de animais.

Quanto ao valor monetário da multa, os 5.000 euros também são o máximo para quem, por exemplo, vende animais doentes ou até mesmo a um cidadão que infringe maus-tratos sobre um animal. No caso de alimentar um cão ou um gato, a lei indica que a multa varia entre 100 e 500 euros.

Em Espanha, o PSOE acusou mesmo o Governo de “promover um despacho feito por pessoas que não tiveram em conta os animais”.

Artigos relacionados

Família tenta abandonar cão mas acaba enxovalhada em público na Argentina

Uma família tentou abandonar o seu cão numa rua de La Plata, na Argentina, mas um grupo de pessoas que passava pelo local naquele momento não deixou.






Campanha de crowdfunding da Petable angaria 9.480€

A Campanha de crowdfunding da Petable angariou 9.480€, num período de 72 horas, para os animais vítimas dos incêndios de Pedrógão Grande.






Criação de equipa cinotécnica de deteção de venenos no Douro Internacional

Os dois binómios cinotécnicos especializados na deteção de venenos irão intervir nas zonas de proteção especial (ZPE) do Douro Internacional e Vale do Rio Águeda.