Praias para cães em Portugal

Praias para cães em Portugal

Vários países já possuem praias caninas, estas são um destino preferencial para os donos que querem usufruir da presença do seu companheiro. Em Portugal temos duas praias caninas, mas esperamos ter mais brevemente!

Peniche_areia

Praia do Porto da Areia Norte (Peniche)
A primeira praia do país para permanência e circulação de cães foi inaugurada em Peniche, em agosto de 2016. O espaço escolhido foi a praia do Porto da Areia Norte, uma área com cerca de 80 metros de extensão, na marginal que leva ao Cabo Carvoeiro, e onde a autarquia investiu “cerca de 2.500 euros em dispensadores de sacos (para recolha de dejetos), na colocação de sinalética e na afixação de editais com as regras de funcionamento”, disse, na ocasião, à Lusa o presidente da Câmara de Peniche, António José Correia.

viana

Praia do Coral (Viana do Castelo)
A segunda praia para cães foi inaugurada a 15 de junho deste ano, em Viana do Castelo, na Praia do Coral. A praia para cães do Coral está situada em área sob jurisdição do porto de mar de Viana do Castelo. A criação daquele espaço resultou de uma parceria entre a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana (APDL), da Câmara Municipal, da Capitania local e de uma associação local de defesa dos animais, a Vila Animal.
No dia da inauguração foram distribuídos folhetos designados “Quatro Patas”, para informar os donos dos animais sobre as regras de segurança a cumprir .
Na entrada da praia há uma placa que informa que é proibido circular sem trela, os cães de raças potencialmente perigosas têm obrigatoriamente de usar trela e açaime, e é obrigatório remover os dejetos.

 

"Leia o nosso artigo – Posso levar o meu cão à praia? – para saber quais as praias em que os nossos cãopanheiros são permitidos! "

 

Nas idas à praia
Se conseguimos encontrar uma praia em que podemos levar o nosso cão devemos respeitar o espaço e tranquilidade dos restantes veraneantes. Devem ser os próprios donos a dar o exemplo, convivendo em sociedade com um cão bem sociabilizado e educado.
Há três pontos essenciais: levar um chapéu-de-sol para lhe providenciar sombra, um bebedouro com água fresca e não permitir que o nosso cão incomode as restantes pessoas. Ajuda levar alguns brinquedos para o manter entretido à sombra.
Não nos podemos esquecer de levar sacos de plástico para apanhar as suas necessidades, pois ninguém gosta de encontrar excrementos de cão enterrados na areia, especialmente ao caminhar descalço.
Na praia, os cães bebem muita água, devido ao calor e ao exercício que fazem. Mas não o devemos deixar beber água do mar, pois pode provocar problemas de estômago e desidratação.

Respeite os outros!
Mesmo nas zonas em que o nosso cão é aceite é essencial que este se mantenha calmo e não incomode as outras pessoas. O papel dos donos é fundamental para transmitir um bom exemplo! Um cão bem-educado dá uma boa imagem aos restantes veraneantes, que dessa forma toleram melhor a sua presença.

Artigos relacionados

Golpe de Calor – O que fazer?

Os golpes de calor são uma situação relativamente frequente e não acontecem apenas quando os cães são deixados dentro do carro.

Animais estão a ficar noctívagos, para fugir aos humanos

Os animais estão a mudar radicalmente de hábitos, em zonas onde a presença humana é maior.

Nisse: a tartaruga que «aproveita a vida» e «quer ser o centro das atenções»

Nisse é o nome de uma tartaruga que vive com uma família há 10 anos e “persegue” pessoas, mas há uma em particular de quem gosta profundamente.