Piloto português de rali recebe prémio por ter abdicado da vitória para salvar um cão

Carlos Matos, piloto português de rali, recebeu um prémio, atribuído pela PETA, por ter abdicado da vitória no Constálica Rallye Vouzela para salvar a vida de um cão, depois de ter vencido as três primeiras edições da prova do Gondomar Automóvel Sport.

O piloto, que durante a corrida salvou um cão perdido que vagueava pelo percurso, foi recompensado ao receber o prémio ‘Hero to Animals’, recebendo igualmente um certificado emoldurado.

“Ao tomar rapidamente esta decisão compassiva, Carlos Matos salvou a vida de um animal confuso e apavorado. Ele poderá ter perdido a vitória na corrida, mas é um vencedor nos registos da PETA”, sublinhou a diretora de programas internacionais da PETA, Mimi Bekhechi.

Veja o momento do salvamento AQUI.

 

Artigos relacionados

Atriz Gillian Anderson junta-se à PETA e posa nua em defesa dos animais

A atriz norte-americana Gillian Anderson, de 49 anos, juntou-se à PETA, associação de defesa animal, e posou nua para uma campanha cujo objetivo é a não utilização de peles de animais.

Turista espanhol morto por elefante em parque natural da Etiópia

Um turista espanhol morreu no Parque Natural de Chebera-Churchura, na semana passada, depois de ter sido atacado por um elefante.

Fotografia de leoa a amamentar bebé leopardo está a correr o mundo

Várias fotografias registaram um momento inédito ao mostrarem uma leoa de cinco anos a amamentar um bebé leopardo, de apenas três meses.