Oceanário de Lisboa apresenta a Exposição “Kepp The Oceans Clean”

O Oceanário de Lisboa apresenta a exposição “Keep the oceans clean” com nove instalações artísticas feitas a partir de lixo marinho encontrado em praias e retirado do mar.

A exposição está patente no átrio principal do Oceanário, e é da autoria de João Parrinha e Xandi Kreuzeder do “Skeleton Sea – Arte do Mar”. A poluição marinha tem um enorme impacto nas espécies e ecossistemas marinhos, com a acumulação e deterioração de plástico e outros resíduos no oceano. Este facto mobilizou os artistas do “Skeleton Sea” a criar esta exposição, com o objetivo de elevar a consciência e o conhecimento sobre o problema crescente da poluição no oceano e, assim, inspirar o público, através da arte, a proteger os ecossistemas marinhos.

Os visitantes podem contemplar várias peças, elaboradas com lixo das praias e do mar. Um impressionante peixe feito com chinelos de plástico que vieram parar a uma praia na África do Sul; um enorme polvo construído a partir de lixo encontrado nas praias ou, até, um incrível albatroz construído no Quénia, com lixo marinho, ferro e arame, e que pretende alertar para os perigos a que estão sujeitas as aves marinhas devido à poluição por plástico no oceano.

Para mais informações pode consultar AQUI.

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:
» Fundação Oceano Azul e Oceanário de Lisboa relançam Campanha para reduzir Lixo no Oceano
» 360 kg de lixo recolhido na Praia do Castelo do Queijo
» Aquários do Mundo contra o Lixo Marinho
» Oceanário apresenta uma nova ciência: a «Plasticologia Marinha»

Artigos relacionados

SEA LIFE Porto propõe uma noite única para o Dia dos Namorados

A pensar nesta data especial, o SEA LIFE Porto preparou um programa exclusivo, a ser vivido na companhia das fascinantes criaturas marinhas da casa.

Homem coloca vida em risco para salvar gato em autoestrada de Hong Kong

Em Hong Kong, um homem chamado Kwok Kin Wai colocou a sua vida em risco para salvar um gatinho em plena autoestrada… e resultou.

Cão que atacou criança em Matosinhos deverá ir trabalhar para a polícia

O cão de raça Rottweiler, que em abril atacou uma criança em Matosinhos, vai ser entregue a uma equipa cinotécnica policial caso vingue uma proposta do veterinário municipal ao Ministério Público.