Nasceram os primeiros cachorros gémeos idênticos do mundo

Uma cadela da raça Galgo Irlandês deu à luz os primeiros cachorros gémeos idênticos de que há registo. A descoberta foi feita pelo veterinário Kurt de Cramer, que realizou o parto por cesariana no Rant en Dal Animal Hospital, na África do Sul.

Realizando mais de 900 cesarianas por ano, para o veterinário esta era mais uma operação de rotina. No entanto, em 26 anos de prática, foi a primeira vez que Cramer assistiu ao nascimento de dois cachorros a partir de uma placenta.

“Quando percebi que os cachorros eram do mesmo sexo e tinham marcas muito semelhantes, imediatamente suspeitei que poderiam ser gémeos idênticos originados da divisão de um embrião”, descreve à BBC.

Havia um problema: CullenRomulus não eram totalmente idênticos, com marcas um pouco diferentes nas patas, na ponta da cauda e no peito. O veterinário precisava de mais provas.

Quando os animais tinham duas semanas de idade, Cramer colheu amostras de sangue e enviou-as para os especialistas reprodutivos Carolynne Joonè, da Universidade James Cook (Austrália), e Johan Nöthling, da Universidade de Pretória (África do Sul), que confirmaram as suspeitas do veterinário: os perfis de ADN dos cães eram idênticos em todos os 40 marcadores genéticos.

Trata-se do primeiro relato de gémeos monozigóticos em cães confirmado através de perfis de ADN.

O estudo que traz detalhes sobre a confirmação dos gémeos foi publicado a 22 de agosto na Reproduction in Domestic Animals.

Artigos relacionados

Tratadora morta por tigre em zoo de Inglaterra era “apaixonada pela vida selvagem”

“Muito dedicada ao trabalho. Era isto que ela gostava de fazer”, admitiu a mãe de Rosa King, depois do episódio que ocorreu por volta das 11h15 desta segunda-feira.

Sines | Golfinho de dois metros dá à costa na praia Vasco da Gama

Um golfinho, de dois metros de comprimento, deu à costa na praia Vasco da Gama, em Sines, já morto, segundo avançou a Polícia Marítima na passada segunda-feira.

Milhafre-real envenenado foi recuperado e será devolvido à Natureza

Será devolvido à natureza o único sobrevivente de 14 animais silvestres vítimas do maior caso de envenenamento identificado na Zona de Proteção Especial de Castro Verde.