“Monstros do Rio” reproduzem-se no Fluviário de Mora

“Monstros do Rio” reproduzem-se no Fluviário de Mora

O Fluviário de Mora tem novos habitantes desde julho e agosto. O aquário "Monstros do Rio", que alberga espécies de maior porte, foi maternidade para 10 carpas juvenis cujas mães têm mais de 20 kg.

Desde agosto que se avista agora juvenis desta espécie - Cyprinus carpio - e, neste momento, os exemplares têm 15 cm de comprimento e mantêm-se unidos entre a vegetação do aquário para a sua sobrevivência. 

O espaço "Monstro do Rio" alberga 18 exemplares gigantes, de Cyprinus carpio (carpas), Luciobarbo bocagei (barbos) e exemplares da família a Acipenser sp. (esturjão).

Ao fim de nove anos, por onde passaram mais de 750 mil visitantes, crianças, famílias, escolas e outros grupos, o Fluviário de Mora continua a inovar e a renovar-se como a maior e mais reconhecida instituição em Portugal, e também na Europa, de divulgação do maravilhoso mundo dos Rios e dos Lagos. Com mais de 500 exemplares de 65 espécies, continua a valer a pena visitar e revisitar o Fluviário de Mora.

Artigos relacionados

Centro Veterinário de Valongo acolhe campanha de adoção de animais

O Centro Veterinário Municipal de Valongo vai acolher uma campanha de adoção de animais recolhidos na rua. O evento decorrerá no próximo sábado, dia 24, das 15 às 17 horas.

Brasil | Cão que esperou pelo dono à porta de hospital durante quatro meses já foi adotado

O animal já foi adotado por uma funcionária do hospital e vai passar a chamar-se “Campeão”.

Turista espanhol morto por elefante em parque natural da Etiópia

Um turista espanhol morreu no Parque Natural de Chebera-Churchura, na semana passada, depois de ter sido atacado por um elefante.