Miranda do Douro com centro de melhoramento de genética animal até ao fim de 2018

Miranda do Douro com centro de melhoramento de genética animal até ao fim de 2018

A transformação do antigo Posto Zootécnico de Malhadas (PZM), em Miranda do Douro, num centro de melhoramento de raças autóctones poderá acontecer até ao final de 2018, anunciou o presidente da câmara, Artur Nunes.

“Os trabalhos já estão em fase bastante adiantada, principalmente em matéria de regulamentação do melhoramento das raças, que é um processo muito exigente do ponto de vista técnico e científico, fatores que levam o seu tempo a concretizar”, explicou à Lusa Artur Nunes.

Segundo os promotores, este projeto visa, essencialmente, a valorização e melhoramento genético das raças autóctones do território do planalto mirandês, como é caso dos bovinos de raça mirandesa, ovinos de raça churra mirandesa, burro mirandês e porcos de raça bísara.

O secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, já disse que há disponibilidades por parte do Estado para apoio este projeto de melhoramento das raças e a requalificação do PZM.

“Do lado do ministério da Agricultura estamos disponíveis para apoiar a requalificação deste centro, porque é importante manter vivo este equipamento, para permitir a valorização das raças locais. Neste momento para se fazer a inseminação tem de se ir até São Torcato, Guimarães, quando temos aqui um centro que poderá fazê-lo”, avançou o governante.

O projeto contará com o apoio científico e técnico de investigadores do Instituto Politécnico de Bragança e da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.

Para além destas duas instituições de ensino superior, juntam-se ao projeto a Associação de Criadores de Raça Bovina Mirandesa, a Associação de Criadores do Ovinos de Raça Churra, Confederação dos Agricultores de Portugal e Cooperativa Agrícola de Palaçoulo.

“Outro objetivo é apostar forte no desenvolvendo económico do concelho e o setor pecuário é um dos mais emblemáticos de todo este território”, frisou.

A unidade zootécnica foi criada em 1913 e está instalada numa área com cerca de 50 hectares, dotada de estábulos, uma unidade logística constituída por dois edifícios, posto de recolha e análise de sémen, áreas de pastagem, entre outros equipamentos.

O PZM esteve sob a tutela do ministério da Agricultura até 1993, tendo passado para a gestão de duas associações de produtores pecuários da região, que agora está sobe a tutela da autarquia.

Do lado dos produtores, o Planalto Mirandês foi “desde sempre” um território propício para a criação de animais de raça bovina mirandesa, ovinos de raça churra e agora de porcos de raça bísara.

Texto: Agência Lusa

Artigos relacionados

Raquel Gonçalves ficou em 2ª lugar na final de Junior Handling na Crufts

A representante portuguesa Raquel Gonçalves ficou em 2º lugar na final da Internacional Junior Handling Competition, na Crufts 2017, em Inglaterra. 

Espanha | Município em Múrcia proíbe passear com cães em 6 praias

Várias práticas vão ser limitadas e, em alguns casos, proibidas em seis praias do município espanhol de San Pedro del Pinatar, na província de Múrcia, Espanha, entre as quais passear com os cães.

Gatos precisam da combinação perfeita entre o melhor sabor e nutrição

Uma pesquisa conduzida pelo WALTHAM Centre for Pet Nutrition, que pertence à Mars Petcare, e pela Universidade de Sydney, na Austrália, revelou que o sabor e a nutrição influenciam a