Médicos Veterinários reúnem-se em encontro nacional

Médicos Veterinários reúnem-se em encontro nacional

Promover uma formação alargada dos Médicos Veterinários, debater o estado da arte da profissão e dar a conhecer os mais recentes avanços em medicina veterinária são os objetivos do 7º Encontro de Formação da Ordem dos Médicos Veterinários (EFOMV), que se realizará nos dias 26 e 27 de novembro, entre as 09h00 e as 18h30, no Centro de Congressos de Lisboa.

Este evento contará com mais de 100 palestras versando temas transversais a todas as áreas relacionadas com a medicina veterinária, sendo que a sessão de abertura decorrerá no dia 26 de novembro às 18h30, com a presença do Diretor Geral de Alimentação e Veterinária, Fernando Manuel d’Almeida Bernardo.

São muitos os assuntos que vão ser abordados no 7º EFOMV, desde animais de companhia, a animais de produção e equinos passando pela saúde pública e segurança alimentar. Estas palestras terão a assinatura de conceituados Médicos Veterinários nacionais e internacionais.

A Ordem dos Médicos Veterinários espera receber de mais de mil profissionais e estudantes da área da medicina veterinária, num encontro que anualmente reúne a Classe num momento único de formação.

Para o Bastonário da Ordem dos Médicos Veterinários, Jorge Cid, “é fundamental que a Ordem impulsione este tipo de formação. O EFOMV não só o promove a partilha de conhecimento e experiências, como fomenta o encontro e o convívio entre pares. Esta formação de dois dias é transversal a todas as áreas de atuação e especialidade do Médico Veterinário, permitindo assim a inclusão de todos os profissionais”.

Artigos relacionados

Seca: Apoios à produção animal “vieram muito tarde”, diz a Confederação dos Agricultores de Portugal

As medidas anunciadas para apoiar a alimentação dos animais em regiões do país afetadas pela seca extrema, como é o caso do Alentejo, “vieram muito tarde”, disse ontem, na Lourinhã, o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP).

D.A.M.A são os novos “Super-heróis do Zoo”

Miguel Cristovinho, Miguel Coimbra e Francisco Pereira contribuem para o projeto de conservação do Jardim Zoológico, através do apadrinhamento de três animais.

Salvar animais das ruas da Galiza vai dar multa até 5.000 euros

Quem salvar animais de rua na Galiza, em Espanha, sem ter uma licença emitida pelas autoridades vai incorrer numa multa compreendida entre os 500 e os 5.000 euros.