Lisboa | JF Alvalade coloca armadilhas contra a lagarta do pinheiro

A Junta de Freguesia de Alvalade, em Lisboa, promoveu a colocação de armadilhas iscadas destinadas ao combate à processionária do pinheiro. Esta operação teve início nas árvores localizadas junto às escolas da freguesia e foi depois alargada a outros pontos do território, incluindo ao Parque José Gomes Ferreira.

As referidas armadilhas possuem no seu interior uma feromona sexual que funciona como um isco, atraindo as borboletas macho da processionária do pinheiro. Ao capturar-se o macho na armadilha evita-se o seu acasalamento com várias fêmeas e, consequentemente, a postura de milhares de ovos.

Ao longo do ano, a Junta de Freguesia recorre a vários métodos de controlo da lagarta do pinheiro, sendo constante o trabalho de monitorização da situação, por questões de saúde pública.

Artigos relacionados

Donos de cães sem trela nas ruas de Viseu vão receber contraordenação

Almeida Henriques, presidente da Câmara de Viseu, já deu instruções à Polícia Municipal, que vai ser inflexível nos casos que forem detetados na via pública.

Espanha | Município em Múrcia proíbe passear com cães em 6 praias

Várias práticas vão ser limitadas e, em alguns casos, proibidas em seis praias do município espanhol de San Pedro del Pinatar, na província de Múrcia, Espanha, entre as quais passear com os cães.

Animais têm novo estatuto jurídico e vão deixar de ser “coisas” a partir de 1 de maio

Este estatuto foi publicado em Diário da República na passada sexta-feira e reconhece-os como seres vivos dotados de sensibilidade e objeto de proteção jurídica.