Lisboa | JF Alvalade coloca armadilhas contra a lagarta do pinheiro

A Junta de Freguesia de Alvalade, em Lisboa, promoveu a colocação de armadilhas iscadas destinadas ao combate à processionária do pinheiro. Esta operação teve início nas árvores localizadas junto às escolas da freguesia e foi depois alargada a outros pontos do território, incluindo ao Parque José Gomes Ferreira.

As referidas armadilhas possuem no seu interior uma feromona sexual que funciona como um isco, atraindo as borboletas macho da processionária do pinheiro. Ao capturar-se o macho na armadilha evita-se o seu acasalamento com várias fêmeas e, consequentemente, a postura de milhares de ovos.

Ao longo do ano, a Junta de Freguesia recorre a vários métodos de controlo da lagarta do pinheiro, sendo constante o trabalho de monitorização da situação, por questões de saúde pública.

Artigos relacionados

Dia Mundial dos Avós e da Conservação da Natureza no Zoo

De 26 a 29 de julho, o Jardim Zoológico celebra o Dia Mundial dos Avós e da Conservação da Natureza com nova cria “a preto e branco”, uma pequena Zebra-de-grevy que nasceu no dia 2 de julho.

Tita: a gata heroína que “denunciou” um assalto à sua casa

Com pouco mais de um ano de idade, uma gata alertou as suas donas de que o apartamento onde vivem, no Porto, estava a ser assaltado.

Campanha de Sensibilização para o não abandono

Com o objetivo de sensibilizar a população para a detenção responsável de animais de companhia, a DGAV – Direção Geral de Alimentação e Veterinária lançou uma Campanha de Sensibilização para o não abandono de animais de companhia.