Escócia | Mulher deixa dois cães morrer e fica proibida de ter animais durante 20 anos

Escócia | Mulher deixa dois cães morrer e fica proibida de ter animais durante 20 anos

Uma mulher foi proibida de ter animais durante 20 anos e ainda condenada a trabalho comunitário na sequência de ter deixado oito cães numa carrinha, expostos a temperaturas de cerca de 40 graus, enquanto estava num encontro de negócios, em Glasgow, na Escócia. Dois dos animais, Milly e Cody, não resistiram e acabaram mesmo por morrer.

A cuidadora profissional de animais, Helen Campbell, de 59 anos, alegou em tribunal que “perdeu a noção do tempo”. A cuidadora, inicialmente, mentiu aos donos, dizendo que os cães fugiram e foram encontrados mortos. Porém, mais tarde acabou por admitir que os abandonou no veículo sem quaisquer condições.

O tribunal de Glasgow declarou que Helen Campbell infringiu a Lei de Saúde e Bem-Estar Animal e impôs 116 horas de serviço comunitário, proibindo-a de ficar com animais nos próximos 20 anos.

Artigos relacionados

Japão | Mulher morre com vírus raro após mordida de gato

O Japão anunciou hoje o primeiro caso mundial de contágio humano com o vírus da Síndrome de Febre Severa com Trombocitopenia numa mulher que morreu depois de ser mordida por um gato.

EUA | Quatro hotéis da Walt Disney World já permitem a entrada de animais

Pela primeira vez na história, quatro hóteis da Walt Disney World, em Orlando, tornaram-se oficialmente dog friendly e, desde este domingo, a entrada de animais é permitida.

Exposição “Reis da Europa Selvagem” chega ao MUHNAC esta quinta-feira

A inauguração está marcada para dia 2 de março, quinta-feira, às 18 horas, e a exposição estará patente de 3 de março a 31 de dezembro de 2019.