Curso de Intervenções Assistidas por Animais

A Ânimas vai iniciar no final de março uma ação de formação de Duplas para Intervenções Assistidas por Animais (IAA), para a admissão das Duplas será feita uma entrevista ao Tutor e um exame de temperamento ao cão, no dia 24 de março.

A ÂNIMAS é uma Associação sem fins lucrativos que visa ceder de forma gratuita Cães de Assistência, promover programas de Intervenções Assistidas por Animais e realizar ações de formação e trabalhos de investigação científica. Sendo uma entidade certificada pela Assistance Dogs Europe e divulgada pelo Instituto Nacional para a Reabilitação.

O Curso de Intervenções Assistidas por Animais irá decorrer em Vila Nova de Gaia e terá uma duração de 150 horas, que se prolonga por 6 meses. Decorrendo aos sábados e/ou domingos, com algumas sessões durante a semana para visitas a entidades onde se desenvolvem IAA.

Liliana de Sousa, Professora no ICBAS e Presidente da ÂNIMAS salienta a importância desta formação para quem quer “potenciar o seu trabalho tendo no cão um excelente catalisador das ações desejadas”. Refere, ainda, que toda a “formação é focada nos benefícios que irão ser proporcionados aos participantes nas sessões de IAA”.

Sebastião Castro Lemos, Coordenador da equipa de Instrutores dos Cães de Assistência, realça a importância do vínculo entre o Tutor e o Cão, como salvaguarda e garantia de conhecimento do mínimo sinal de stress/desconforto por parte do cão, no decorrer do trabalho. “Optamos por extender a formação com vista a uma correta e adequada formação do cão de modo a que no exame final a Dupla seja capaz de superar qualquer dificuldade que surja no contexto real. A formação é feita para a Dupla, ou seja, o cão deverá estar sempre presente, em todas as sessões, quer nas teóricas e nas práticas”.

O cão poderá ser reactivo a outros animais, mas não poderá mostrar qualquer sinal de agressividade para com as pessoas. O cão nunca pode ter tido treino de defesa, mesmo que em situação de desporto. O candidato deverá ter um vínculo forte com o cão, devendo este ter mais de um ano. De referir que no final da formação haverá um exame escrito para o tutor e um exame prático à Dupla.

Os interessados solicitar a ficha de inscrição e restante informação pelo e-mail: animas@animasportugal.org

 

Artigos relacionados

Cão morre enquanto viajava no porão de um avião da TAP

Um cão Bouledogue Francês morreu, enquanto viajava no porão de um avião da TAP, num voo entre Madrid e Porto, que dura cerca de 1h15.

Ministro põe guardas na rua para não incomodarem cão

O ministro da Administração Interna terá exigido que militares da GNR ficassem no exterior da casa porque cão não parava de ladrar. Associação de guardas fez queixa do ministro ao comandante-geral.

Bombeiro salva cão com respiração boca a boca em incêndio

Um bombeiro salvou um cão na Califórnia, Estados Unidos, depois de lhe ter feito respiração boca a boca durante 20 minutos na sequência de um incêndio numa casa em Santa Mónica.