Cria de panda gigante nasceu hoje no Jardim Zoológico de Tóquio

Cria de panda gigante nasceu hoje no Jardim Zoológico de Tóquio

Uma cria de panda gigante nasceu hoje no Zoológico de Ueno da capital japonesa, o primeiro nascimento dessa espécie vulnerável neste parque de Tóquio, informou o centro em comunicado. A cria, filha de Shin Shin e e do panda Ri Ri, nasceu às 12 horas locais (03:00 GMT).

Os progenitores, ambos com 11 anos, viajaram da China para Tóquio em 2011 e já tinham tido uma cria em 2012 [a primeira no zoo de Tóquio em 24 anos], que faleceu de pneumonia seis dias depois de nascer.

Shin Shin mostrou sinais de gravidez em 2013, mas mais tarde percebeu-se que tinha sido falso alarme.

O nascimento da nova cria (cujo sexo não foi divulgado] pode ter um impacto positivo para o centro em cerca de 216 milhões de euros, segundo peritos locais consultados pelo jornal diário Nikkei.

O panda gigante é a espécie mais vulnerável no reino animal devido à dificuldade que tem em reproduzir-se, um problema que surgiu na sequência da perda de habitat e do curto período fértil das fêmeas, cerca de 36 horas por ano.

Em setembro de 2016, a União Internacional da Conservação da Natureza retirou o urso panda da lista de espécies em perigo de extinção e catalogou-o como “uma espécie vulnerável” dentro da classificação de nove níveis.

Da classificação [que mede o risco de desaparecimento de cada espécie] fazem parte os escalões ‘em perigo’, ‘ vulnerável’ e ‘extinto’.

Segundo as autoridades chinesas, onde vivem a maioria dos pandas gigantes em liberdade, existem 1.864 na China e 371 vivem em cativeiro em todo o mundo.

Texto: Lusa
Foto: Reuters

Artigos relacionados

Governo Municipal de Madrid proíbe circo com animais

A medida proposta pela presidente da Câmara de Madrid, Manuela Carmena, e pelo partido PSOE foi aprovada, tanto para terrenos públicos como privados.

O maior Centro de Reabilitação de Animais Marinhos da Europa é em Ílhavo

Veja o vídeo de apresentação do maior e mais recente Centro de Reabilitação de Animais Marinhos da Europa situado em Ílhavo, Aveiro, que tem capacidade para receber anualmente cerca de 1.000 animais marinhos, entre aves, mamíferos e tartarugas.

Passatempo | Loucos por bolas

Envie uma fotografia do seu cão com uma ou mais bolas para a nossa redação e habilite-se a ganhar uma bola Grinz, da Rogz, que vai deixar o seu cão mais sorridente!