Cão impede bombista suicida de atacar casamento mas acaba por morrer

Cão impede bombista suicida de atacar casamento mas acaba por morrer

Uma bombista suicida do grupo terrorista Boko Haram foi impedida por um cão de atacar uma festa de casamento, numa vila junto à cidade de Maiduguri, na Nigéria. Está a ser apelidado de “herói”, depois de ter atacado a mulher numa zona próxima do evento, obrigando-a a detonar os explosivos que carregava.

“O ataque [do cão] forçou a mulher a detonar os explosivos que transportava enquanto se tentava libertar do animal”, sublinhou o porta-voz da polícia nigeriana Victor Isuko ao canal norte-americano ‘Sky News’.

Nenhum hóspede ficou ferido, mas o cão acabou por morrer com a explosão, assim como a bombista suicida. Ao que tudo indica, o animal pertencia a um dos convidados do casamento.

Artigos relacionados

Nova Lista Vermelha altera estatuto do Priolo

Foi divulgada esta quarta-feira pela IUCN (União Internacional para a Conservação da Natureza) a nova edição da Lista Vermelha mundial, onde estão listadas todas as espécies em perigo no mundo.

Câmara Municipal de Ponta Delgada disponibiliza abrigos e comedouros para animais de rua

A Câmara Municipal de Ponta Delgada e a Associação Animais de Rua de São Miguel, acabam de disponibilizar o primeiro abrigo e o primeiro comedouro para gatos de rua, numa iniciativa pioneira na região.

Férias de verão no Jardim Zoológico

Uma visita ao Jardim Zoológico de Lisboa é sinónimo de um dia recheado de aventuras, surpresas e muitas emoções. E se forem umas férias no Zoo?