Cão impede bombista suicida de atacar casamento mas acaba por morrer

Cão impede bombista suicida de atacar casamento mas acaba por morrer

Uma bombista suicida do grupo terrorista Boko Haram foi impedida por um cão de atacar uma festa de casamento, numa vila junto à cidade de Maiduguri, na Nigéria. Está a ser apelidado de “herói”, depois de ter atacado a mulher numa zona próxima do evento, obrigando-a a detonar os explosivos que carregava.

“O ataque [do cão] forçou a mulher a detonar os explosivos que transportava enquanto se tentava libertar do animal”, sublinhou o porta-voz da polícia nigeriana Victor Isuko ao canal norte-americano ‘Sky News’.

Nenhum hóspede ficou ferido, mas o cão acabou por morrer com a explosão, assim como a bombista suicida. Ao que tudo indica, o animal pertencia a um dos convidados do casamento.

Artigos relacionados

Derrick Campana: o médico que faz próteses para animais

Desde que aceitou o desafio lançado por um veterinário, Derrick Campana já criou mais de 25 mil próteses para vários tipos de animais.

Naruto: este macaco indonésio foi nomeado ‘Pessoa do Ano’ pela PETA

O macaco indonésio chamado Naruto foi nomeado ‘Pessoa do Ano’, esta quarta-feira, pela PETA, depois de se ter tornado famoso após tirar uma selfie com a máquina do fotógrafo britânico David Shelter. 

Ex-Presidente da Coreia do Sul acusada de abandonar nove cães

Park Geun-hye, a primeira mulher presidente da Coreia do Sul, é acusada de abandonar nove cães, depois de ter sido destituída do cargo por um escândalo de corrupção.