Cadela adotada por nova família não aguenta saudades e percorre 30 km até à casa dos antigos donos

Cadela adotada por nova família não aguenta saudades e percorre 30 km até à casa dos antigos donos

Uma cadela de seis anos, chamada Cathleen, foi dada para adoção por uma família que não tinha condições para tomar conta dela, devido ao facto de viverem numa casa pequena em Oklahoma, nos Estados Unidos. Então, o animal foi morar com uma nova família, que vivia a 30 km de distância dos anteriores donos. No entanto, as saudades falaram mais alto.

Cathleen não esqueceu quem lhe deu carinho durante anos e percorreu por duas vezes o trajeto da sua nova casa até à dos seus antigos donos. “O coração dela quer estar com eles, mas não podem ficar com ela”, lê-se numa publicação de Facebook partilhada por uma instituição de abrigo de animais – ‘Seminole Animal Shelter’.

A cadela não conseguiu adaptar-se aos novos donos e foi dada, novamente, para adoção. Outra nova família foi encontrada e agora, espera-se, que seja para sempre.

Artigos relacionados

Estudo indica que cães têm preferência pela música reggae e rock

Este é o resultado de um estudo que indica que a música tem clara influência nestes animais de quatro patas.

Empresa de cerveja artesanal dá “licença parental” a novos donos

A BrewDog, uma empresa de cerveja artesanal criada em 2007 por 2 amigos e 1 cão, oferece uma semana de licença a todos os funcionários que tenham um novo cão.

Militares portugueses adotam cadela no Kosovo

Com as Tropas Portuguesas ninguém fica para trás! Foi este o mote para a história de Slim, uma cadela adotada pelos militares portugueses no Kosovo, que chegou agora a solo nacional.