Bragança | GNR recolhe cão vítima de maus-tratos

O Comando Territorial de Bragança, através do Núcleo de Proteção Ambiental do Destacamento Territorial de Bragança, recolheu no dia 31 de julho, na freguesia de Nogueira, um canídeo com indícios de maus-tratos e abandono.

Durante uma ação de fiscalização, os militares detetaram um cão acorrentado e bastante debilitado, que apresentava sinais evidentes de maus-tratos, estando o mesmo subnutrido e desidratado.

Os militares procederam à recolha do cão, tendo encaminhado o mesmo para os serviços veterinários da Câmara Municipal de Bragança, ficando em observação.

Foi elaborado um auto de notícia, o qual foi remetido para o Tribunal Judicial de Bragança.

Em caso de abandono, condições higio-sanitárias inadequadas ou qualquer outra situação que cause sofrimento aos animais, dê conhecimento às autoridades competentes pelos contatos:

Serviço de Protecção da Natureza e do Ambiente (SEPNA)
Linha “SOS Ambiente e Território”: 808 200 520

Polícia de Segurança Pública (PSP)
defesanimal@psp.pt ou 217 654 242

Artigos relacionados

Dona e o seu hamster numa ida ao veterinário… insólita

Segundo conta o ‘The Mirror’, uma rapariga decidiu levar o seu hamster ao veterinário porque o animal não se mexia. A razão é, no mínimo, insólita.

Itália | Polícia salva 26 cães que apresentavam sinais de sofrimento em bagageira de um carro

A polícia de Riccione, em Itália, encontrou na bagageira de um carro um total de 26 cachorros, todos com menos de dois meses de idade.

Orangotango foge do seu recinto no zoo após fazer buraco na rede

Um orangotango de 12 anos fugiu, no passado domingo, do seu recinto no Jardim Zoológico de Greenville, na Carolina do Sul, Estados Unidos, após ter feito um buraco na rede que o mantinha em cativeiro.