Aquários do Mundo contra o Lixo Marinho

O Oceanário de Lisboa participa na campanha de sensibilização mundial “World Aquariums Against Marine Litter” (Aquários do Mundo Contra o Lixo Marinho), promovida pela Comissão Europeia, para alertar para o flagelo da poluição no oceano.

Esta campanha reúne cerca de 100 aquários dos cinco continentes do mundo, incluindo a participação de mais dois aquários portugueses: o Aquário de Porto Pim, no Açores, e o Aquário Vasco da Gama, em Lisboa.

Para marcar a sua participação, o Oceanário de Lisboa apresenta duas instalações feitas com garrafas de plástico, que representam um cachalote e uma medusa. As esculturas, da autoria de Daiena Dâmaso e Sebastião Lobo, são feitas com 4.765 garrafas de água de plástico, recolhidas por atletas do Ginásio Clube Português, no âmbito da Gala “A Mar”.

Cachalote_WorldAquariumsAgainstMarineLitter_Oceanário_PedroA.Pina

 

Para Patrícia Filipe, diretora de Comunicação, “o Oceanário de Lisboa, juntamente com outros aquários em Portugal e globalmente, têm um papel fundamental na educação e sensibilização de milhões de visitantes, constituindo um canal ímpar para comunicar temas que afetam o meio marinho, mobilizando para a alteração de comportamentos.”

Karmenu Vella, Comissário Europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, afirma: “Os aquários são uma janela para o oceano. Esta campanha sobre lixo marinho é urgente e bem-vinda. Este verão, milhões de pessoas em todo o mundo irão visitar um aquário. Para promover a mudança, temos de mostrar a realidade da poluição por plástico.”

Medusa_WorldAquariumsAgainstMarineLitter_Oceanário_PedroA.Pina

 

A inauguração da campanha feita por Karmenu Vella, Comissário Europeu para o Ambiente, Assuntos Marítimos e Pescas, aconteceu a 27 de julho, no Museu Oceanográfico do Mónaco, e contou com a presença do príncipe Alberto II do Mónaco, do diretor executivo do Programa das Nações Unidas para o Ambiente, Erik Solheim, e do CEO da World Association of Zoos and Aquariums (WAZA), Doug Cress.

Esta campanha pretende ainda divulgar a quarta edição da conferência internacional sobre o oceano, “OurOcean”, que se realiza nos dias 5 e 6 de outubro deste ano, em Malta, e que reúne líderes de todo o mundo para o debate sobre este problema global.

Todos os anos, 10 milhões de toneladas de lixo acabam no mar, o equivalente a um camião do lixo por minuto e a 400 kg por segundo. Anualmente, milhões de animais marinhos morrem por causa do lixo, incluindo aves, focas, baleias, golfinhos e tartarugas.

Em algumas áreas, há seis vezes mais microplásticos que plâncton, e as perspetivas de futuro são sombrias: em 2050, poderá haver mais plástico que peixe no oceano e 99% das aves marinhas poderão já ter ingerido plástico.

Para mais informações sobre a campanha e a conferência mundial: www.ourocean2017.org

Fotografias: Pedro A. Pina

Artigos relacionados

Happyone junta-se à causa “Mov’et & Celebrate The Bond”

A happyOne juntou-se à causa “Mov’et & Celebrate the Bond”, resultado da parceria entre “Mov’et – Veterinários em Movimento” e a causa “Celebrate the bond”, que visa angariar refeições para

Cães são resgatados após serem atirados para tanque da ETAR de Soure

Vários elementos da associação Sourepatas terão resgatado dois cães que foram atirados para um tanque da Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) de Soure, em Coimbra.

Plataforma online promove e facilita adoção de animais abandonados

Já está online uma plataforma de adoção responsável de animais, desenvolvida pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), em parceria com a Associação de Defesa dos Direitos de Animais e Floresta (ADDAF).