ÂNIMAS recebe dois cachorros para futuros Cães de Assistência

A ÂNIMAS recebeu dois cachorros da raça Retriever do Labrador que foram entregues a famílias de acolhimento para iniciarem posteriormente o seu treino como Cães de Assistência.

O Biubiu foi oferecido pelo Cantinho das Aromáticas e o Benji foi oferecido por uma família de Leiria. Ambos os cachorros irão estar nas famílias cerca de 6 meses, até perfazerem os 8-10 meses de idade.
 
Esta é uma parte importante das suas vidas, sendo essencial uma correta sociabilização. Os cachorros vão conviver com todo o tipo de pessoas, carros, motas, bicicletas, jogos desportivos, praia, serra e animais de diversas espécies. Tudo é importante para o equilíbrio do cão.
 
Nas palavras de Sebastião Castro Lemos, Vice-Presidente e Coordenador dos Educadores Caninos, "a família de acolhimento desempenha um papel tão importante quanto o do Educador. É na infância que se adquirem os bons princípios que orientarão o futuro".
 
A ÂNIMAS é constituída por uma equipa multidisciplinar que, em regime de voluntariado, trabalha no sentido de proporcionar aos indivíduos com deficiência um recurso habilitador que aumente o seu nível de independência e de autoestima.
 
A ÂNIMAS é uma Associação sem fins lucrativos que visa:
» Ceder de forma gratuita Cães de Assistência;
» Promover programas de Intervenções Assistidas por Animais;
» Realizar ações de formação e trabalhos de investigação científica.

A ÂNIMAS é uma entidade certificada pelo Instituto Nacional para a Reabilitação e a única acreditada pela Assistance Dogs Europe.

Artigos relacionados

Mulher oferece sexo em rifas para ajudar animais

Uma mulher, de nacionalidade brasileira, usou a sua conta no Twitter para revelar que está a rifar uma hora de sexo para ajudar animais.

Omar: gato gigante é sucesso na internet e está perto de entrar no Guinness

Omar é um gato Maine Coon australiano, considerado o maior gato doméstico do Mundo, pois mede 120 cm e pesa 14 kg.

Criação de equipa cinotécnica de deteção de venenos no Douro Internacional

Os dois binómios cinotécnicos especializados na deteção de venenos irão intervir nas zonas de proteção especial (ZPE) do Douro Internacional e Vale do Rio Águeda.