Urso e leão resgatados após viverem sozinhos em zoo destruído pela guerra no Iraque

Urso e leão resgatados após viverem sozinhos em zoo destruído pela guerra no Iraque

O urso Lula e o leão Simba, os únicos animais sobreviventes à guerra no Iraque num jardim zoológico em Mossul, foram finalmente resgatados e levados para um centro de reabilitação na Jordânia.

Durante esta semana, com o auxílio da ‘Four Paws’, uma organização de defesa dos animais, o urso e o leão acabaram por ser resgatados, depois de quatro meses de confrontos entre o Estado Islâmico e o exército iraquiano em Mossul. Quando chegaram ao jardim zoológico, a equipa deparou-se com o local completamente destruído, no qual morreram cerca de 40 animais.

“Um cenário desastroso. Apesar de vivos, estavam com um péssimo aspeto e foram afetados por uma série de doenças causadas pela desnutrição e pela falta de cuidados veterinários”, explicaram alguns elementos da equipa da ‘Four Paws’.

Ao longo de todo este tempo, estes animais haviam sobrevivido graças a alguns habitantes locais que, diariamente, iam levar-lhes água e comida. No entanto, as pessoas foram forçadas a fugir quando a guerra se agravou.

Artigos relacionados

Nova vacina contra a Leishmaniose Canina no mercado nacional

Foi lançada no mercado nacional a primeira vacina contra a Leishmaniose Canina baseada numa proteína recombinante e totalmente desenvolvida na Europa.

“Os passarinhos pertencem à Natureza” é mote de campanha de sensibilização ambiental

Todos os anos são capturadas ou abatidas ilegalmente 130 mil aves selvagens em Portugal, a maioria destinadas ao consumo ou cativeiro.

Braga | Encerrado o Parque Canino

O Parque Canino das Lameiras, em Nogueiró, foi encerrado, devido às queixas dos moradores.