Ordem dos Médicos Veterinários assinala o Dia Mundial do Animal

No próximo dia 4 de outubro, vários hospitais, clínicas e consultórios veterinários de todo o país vão abrir as suas portas e receber a 2ª edição do Open Day.

Uma iniciativa da Ordem dos Médicos Veterinários (OMV) que convida empresas, escolas, estudantes e a população em geral a conhecer de perto o dia-a-dia de um médico veterinário e as suas diferentes áreas de atuação, numa partilha de experiências e conhecimento.

Este ano a Direção Geral do Ensino (DGE) associa-se a esta iniciativa, promovendo a participação dos alunos dos diferentes agrupamentos escolares nas  várias áreas, nomeadamente no que se refere à saúde e bem-estar animal.

Para assinalar esta data em que se comemora o Dia Mundial do Animal e do Médico Veterinário, bem como o 27º aniversário da Ordem dos Médicos Veterinários, a OMV convida toda a população a participar na 2ª edição do Open Day. Para além das entidades aderentes, também a sede da Ordem dos Médicos Veterinários e as respetivas delegações regionais poderão ser visitadas.

A iniciativa dá continuidade ao sucesso do ano passado que reuniu mais de 360 participantes e espera superar as expectativas nesta 2ª edição. Para participar, basta submeter a inscrição até ao dia 1 de outubro para o email  openday@omv.pt  com o nome e indicação do local a visitar. As entidades aderentes podem ser conhecidas no site da OMV, em https://www.omv.pt/open-day-2018.

Artigos relacionados

Cão impede bombista suicida de atacar casamento mas acaba por morrer

Uma bombista suicida do grupo terrorista Boko Haram foi impedida por um cão de atacar uma festa de casamento, numa vila junto à cidade de Maiduguri, na Nigéria.

Tentativa de recorde de cão a passar por baixo de mais de 1.000 pessoas foi superado!

Realizou-se hoje, em Torres Novas, uma tentativa de entrar para o livro do Guinness World Records, o objetivo era um cão passar por baixo de mais de 1.000 pessoas, o recorde atual, e foi superado! Veja o vídeo.

Milhafre-real envenenado foi recuperado e será devolvido à Natureza

Será devolvido à natureza o único sobrevivente de 14 animais silvestres vítimas do maior caso de envenenamento identificado na Zona de Proteção Especial de Castro Verde.