Municípios da Terra Quente Transmontana lançam projeto “Mascote Escolar”

Municípios da Terra Quente Transmontana lançam projeto-piloto inovador nas escolas designado “Mascote Escolar”.

Os municípios que constituem a Associação de Municípios da Terra Quente Transmontana lançaram a 17 de janeiro a 1ª Fase do projeto “Mascote Escolar” que consiste na adoção de um canídeo ou felídeo pelos Agrupamentos de Escolas da Terra Quente Transmontana, a que se seguirá uma ação de sensibilização da comunidade escolar.

Este projeto inovador, focado no território de Alfândega da Fé, Carrazeda de Ansiães, Macedo de Cavaleiros, Mirandela e Vila Flor tem entre os seus objetivos o envolvimento e a sensibilização da comunidade escolar e da sociedade para com os animais de companhia, fomentando uma relação de bem-estar benéfica para os estudantes com melhorias ao nível afetivo e social e, ao mesmo tempo, propiciando o aumento da adoção de animais alojados no Centro de Recolha Oficial de Animais de Companhia, transmitindo uma imagem melhorada desta instituição de acolhimento e integração de animais, muitas vezes conotada negativamente.

Os canídeos adotados pelos agrupamentos são devidamente selecionados ao nível de comportamento e de estado de saúde (vacinados, desparasitados e esterilizados) estando os cuidados médico-veterinários e a avaliação clínica periódica a cargo da Associação de Municípios, e os cuidados com a alimentação, higiene e bem-estar das mascotes a cargo dos agrupamentos.

A primeira mascote escolar, o “Ushi”, foi entregue no dia 17 de janeiro ao agrupamento de escolas de Carrazeda de Ansiães e teve à sua espera uma pequena multidão de crianças cheias de carinhos para lhe oferecer. Seguir-se-ão entregas nos restantes agrupamentos, incluindo a adoção de um gato por um jardim-de-infância.

Com a avaliação dos resultados desta 1ª fase do projeto, será pensada a implementação de uma 2ª fase que consistirá no alargamento a outras instituições.

Fonte: AMTQT

Artigos relacionados

Carne de cão pode ser banida de famoso festival na China

A carne de cão está a ser alegadamente proibida de servir nos restaurantes de Yulin, no sul da China, durante polémico festival gastronómico.

Piloto português de rali recebe prémio por ter abdicado da vitória para salvar um cão

Carlos Matos, que durante uma corrida salvou um cão perdido que vagueava pelo percurso, foi recompensado ao receber o prémio ‘Hero to Animals’, recebendo igualmente um certificado emoldurado. 

Três coelhos resistem a cheias na Nova Zelândia graças à “boleia” de duas ovelhas

As cheias estão a fazer-se sentir no país e os coelhos, para resistirem à morte, subiram para cima de duas ovelhas e aproveitaram a sua “boleia”.