Lisboa | Arroios celebra o Dia do Animal

Lisboa | Arroios celebra o Dia do Animal

O Dia do Animal de Arroios é uma iniciativa pensada para celebrar a vida dos nossos melhores amigos, organizada pela comissão de Bem-Estar Animal da Junta de Freguesia de Arroios.

A iniciativa realiza-se no próximo sábado, dia 29 de setembro entre as 9h30 e as 18h00 no Jardim do Campo dos Mártires da Pátria, em Lisboa. Neste dia, entre várias atividades, poderá encontrar uma mostra de produtos para animais, um balcão de atendimento da Junta de Freguesia de Arroios onde será possível fazer o registo dos animais de estimação e ainda, fazer
o Cartão Animal +.

Mas não é tudo, o amigo de quatro patas vai poder participar em dois workshops, numa  “cãominhada” e numa prova de orientação. E como os animais de estimação estão sempre acompanhados, os mais pequenos não são esquecidos, com uma área de volteio, onde as crianças podem interagir com os cavalos da Polícia Municipal e ficar a conhecer a campanha da PSP de proteção aos direitos dos animais.

E para quem gosta de um bom momento de leitura, vai poder conhecer ou relembrar a história do gato mais conhecido das ruas de Lisboa e as suas aventuras, na sessão de autógrafos pela Filomena Lança, autora do Livro “Calvin, Esparguete”.

Esta iniciativa tem como objetivo sensibilizar a população para a necessidade de cuidar e  proteger os animais e mostrar a importância que os animais têm na vida das pessoas. A participação nas atividades carece de uma contribuição de um bem alimentar destinado a animais de estimação. Estes bens doados revertem para uma Associação de Animais.

Pode consultar AQUI o programa de atividades.
Link do evento no Facebook.

Artigos relacionados

Cão torna-se um herói na Rússia ao salvar criança abandonada

Um cão tornou-se um verdadeiro herói ao ajudar uma criança, de dois anos, abandonada pela própria mãe numa varanda.

Já viu o filme “A Vida Secreta dos Nossos Bichos”?

Se ainda não viu este filme ou se quer ver de novo… não perca as sessões de cinema solidárias no dia 1 de outubro, em Lisboa e Matosinhos.

Seca: Apoios à produção animal “vieram muito tarde”, diz a Confederação dos Agricultores de Portugal

As medidas anunciadas para apoiar a alimentação dos animais em regiões do país afetadas pela seca extrema, como é o caso do Alentejo, “vieram muito tarde”, disse ontem, na Lourinhã, o presidente da Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP).