Lançado concurso para abrigo intermunicipal de animais no Bombarral e Cadaval

Os Municípios do Bombarral e do Cadaval lançaram um concurso para construir um Centro Intermunicipal de Recolha de Animais.

Estas duas vilas têm apenas dois abrigos para animais e estão sobrelotados. E de forma a melhorarem as condições de acolhimento dos animais, as duas Câmaras lançaram um concurso, no valor de 400 mil euros, para construir um Centro Intermunicipal de Recolha de Animais, que servirá os dois concelhos.

Este projeto contempla boxes para os animais, áreas de atendimento administrativo, tratamentos veterinários e armazenagem de rações e outros produtos. As obras terão um prazo de execução de seis meses, num terreno localizado na freguesia do Cadaval, onde funcionou até 2001 uma lixeira intermunicipal, selada após a inauguração do Aterro Intermunicipal do Oeste.

Como avança a Câmara Municipal do Cadaval, todos os custos decorrentes da conceção, construção e edificação são suportados, na proporção de 50%, por cada um dos municípios.

Desde que entrou em vigor a legislação que proíbe o abate de animais domésticos que as autarquia têm tido dificuldade a dar resposta no que diz respeito às exigências legais em termos de bem-estar animais, por isso,

Desde 2017, ano em que entrou em vigor a legislação que proíbe o abate de animais domésticos, que têm existido dificuldades em dar resposta a todas as situações e, por esse motivo, a Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim) admitiu avançar com os primeiros centros de recolha de animais intermunicipais.

Artigos relacionados

Sessões de Agility grátis no Jardim Municipal de Oeiras

A partir de julho há sessões de Agility gratuitas no Parque Canino do Jardim Municipal de Oeiras, ao 3º sábado de cada mês, entre as 18h e as 19h, ministradas pela Pet B Havior.

Louboutina: a cadela que não se cansa de distribuir abraços

A Louboutina, de raça Golden Retriever, adora abraçar as pessoas que vão passando pelas ruas de Manhattan enquanto passeia com o seu dono.

China terá parque para pandas com cerca de um quinto da dimensão de Portugal Continental

Situado na província de Sichuan, o projeto visa impulsionar a economia local, enquanto oferece àquela espécie em extinção um território onde pode procriar e diversificar o seu banco genético.