O gato Jimmy foi encontrado pelos donos passados quase 3 anos

O gato Jimmy foi encontrado pelos donos passados quase 3 anos

Foi a 13 de setembro de 2014 que Susan Zelitsky perdeu o seu gato, em New Jersey, nos Estados Unidos. Mas, quase três anos depois, o Jimmy apareceu. À ABC News, a dona contou toda a história do desaparecimento.

“Ele estava num local coberto, mas deixávamos o Jimmy sair connosco para ir visitar os vizinhos. Passeava e andava com o cão, ia para os vizinhos, mas ficava sempre dentro dos limites da nossa casa. Voltava sempre todas as noites, mas naquela não voltou. Não sabia se ele tinha entrado num carro ou se alguém o tinha levado. Liguei logo para a polícia, afixámos cartazes, mas nada. Estava tão triste”, explicou Zelitsky.

No entanto, a 19 de março deste ano, a dona estava ligada ao Facebook quando se deparou com um focinho familiar na página da West Milford Animal-Shelter, uma associação de abrigo de animais que fica a cerca de 16 quilómetros de sua casa. Zelitsky ligou para a associação e, na manhã do dia seguinte, deslocou-se até lá com o seu vizinho. Era mesmo o Jimmy, que até reconheceu o cheiro do marido da sua dona através da almofada.

“Nós sabíamos que era ele e ele sabia que éramos nós, foi incrível”, disse, emocionada, Susan Zelitsky, que telefonou logo ao seu marido a contar a novidade. Ele também foi até à associação e rapidamente tiveram a certeza de que aquela era uma história com um final feliz.

Artigos relacionados

Bombeiros de Valongo resgatam cães soterrados

Equipa Cinotécnica dos Bombeiros de Valongo resgatou dois cães que se encontravam presos numa mina após um deslizamento de terras que fechou a saída da mesma. A operação demorou 5 horas, mas foi um sucesso!

Espanha | Município em Múrcia proíbe passear com cães em 6 praias

Várias práticas vão ser limitadas e, em alguns casos, proibidas em seis praias do município espanhol de San Pedro del Pinatar, na província de Múrcia, Espanha, entre as quais passear com os cães.

Mais de 200 gatos morreram envenenados em localidade francesa

Segundo avança a BBC, pássaros e roedores também já morreram envenenados, falando-se já num “serial killer de animais”.