Já planeou as férias do seu gato?

Já planeou as férias do seu gato?

Quando partimos de férias, três cenários se colocam aos nossos gatos: vão connosco, ficam em casa ao cuidado de uma cat sitter ou vão para um hotel para gatos.

Qualquer das opções é válida, mas deve ser escolhida a que melhor se adaptada à sua situação. Vamos ver os prós e contras de cada uma.

 

1Levar o gato de férias
Esta pode ser uma excelente opção em caso de casa própria. O gato vai acabar por conhecer este novo território e com a continuação deixa de estranhar. Neste caso apenas deve acautelar alguns aspetos.
Por exemplo, se na casa de férias o gato vai ter acesso ao exterior, deve falar com o seu médico veterinário para adaptar o protocolo vacinal e de desparasitação, bem como considerar a identificação do gato com microchip. Tenha sempre um contato de um médico veterinário da localidade para onde vai.

 

2Deixar o gato em casa
Para o seu gato esta pode ser a melhor das opções, mas deve acautelar alguns aspetos:
» A sua confiança na cat sitter deve ser absoluta, se for uma pessoa “desconhecida” peça sempre referências;
» Prefira um cuidador com experiência com gatos e alerte para as idiossincrasias do seu gato, como por exemplo, “só bebe água da torneira”;
» Se o seu gato é do tipo “melga”, gosta de festas e de interagir com pessoas mesmo que estranhas, deve solicitar uma ida diária a sua casa, mas se o seu gato é do tipo “não gosto de confusão” a ida “dia sim, dia não” pode ser suficiente;
» Antes de partir deixe uns mimos novos, como um novo arranhador e/ou um novo brinquedo.

 

3Deixar o gato num hotel para gatosBanner-Cães_hotel
Privilegie os hotéis felinos que têm assistência veterinária. Visite sempre o gatil antes de deixar o seu gato. Apareça sem avisar, avalie a higiene do espaço e o conforto e tranquilidade dos gatos. Os gatos devem estar alojados individualmente.
É essencial que o seu gato tenha as vacinas atualizadas, realizadas de preferência um mês antes. Não se esqueça de levar objetos de casa como umas mantas e um arranhador.
Lembre-se de reservar com antecedência.

 

Duas dicas!
» Para facilitar as alturas de maior stress para os gatos, como a mudança de casa, use feromonas sintéticas, quer em spray quer em difusor.
» Existem “calmantes” naturais, que sob supervisão do seu médico veterinário, podem ser uma ajuda na altura das férias.

Por: Maria João Dinis da Fonseca, Médica Veterinária
Hospital do Gato

ARTIGOS RELACIONADOS
Dicas | Escolher um Hotel Canino e/ou Felino
Férias | Deixe o seu animal em casa com um pet sitter

Artigos relacionados

Associações de Proteção Animal

Lista de contactos de Associações de Proteção Animal por Distrito, para ajudar quem pretende adotar um cão ou gato.

Evite que o seu gato arranhe a mobília!

Na natureza, os gatos arranham com o objetivo de manter as suas garras fortes e de boa saúde. Além disso, as marcas dos arranhões servem também para a marcação e defesa do território.

17 de fevereiro | Dia Mundial do Gato

Na Europa celebra-se o Dia Mundial do Gato a 17 de fevereiro, mas este é um animal tão especial que tem várias datas de celebração!