Espanha | Homem condenado a um ano de prisão por matar seis crias de cão

Espanha | Homem condenado a um ano de prisão por matar seis crias de cão

Um homem, que alegadamente matou seis crias de cães, foi condenado a um ano de prisão, na cidade de Zamora, Espanha, e vai ficar impedido de ter animais em casa durante dois anos.

“Uma vez mais as sentenças são muito curtas, mas vão criando jurisprudência”, considerou a associação de defesa animal de Zamora, que denunciou o caso ocorrido em outubro do ano passado.

Em 2017, esta associação já denunciou três casos na sequência de maus tratos a um cavalo e ainda um homem que enforcou os seus dois cães.

“Quando se vivem estas atrocidades na primeira pessoa, nenhuma condenação te parece suficientemente dura. Quando és tu que resgatas um cavalo cheio de vermes nos seus tumores e subnutrido; quando és tu que tiras de um contentor uma cadela enforcada com uma corda, quando és tu que denuncias um homem que diz que vai matar seis cachorros, nenhuma sentença consegue resolver o dano causado”, sublinhou a presidente da associação, Miriam Garcia.

Fotografia: Arquivo Global Imagens

Artigos relacionados

Governo aprova ajuda de 500 mil euros para campanha de apoio à esterilização de cães e gatos

O Governo aprovou um apoio financeiro de 500 mil euros para promover uma campanha de apoio à esterilização de cães e gatos de companhia, indica uma portaria publicada nesta terça-feira em Diário da República.

Câmara de Lobos promove campanha de adoção de animais

A autarquia da Câmara de Lobos vai promover no próximo dia 13 de janeiro, entre as 14 e as 18 horas, uma campanha que visa promover a adoção de 30 cães que foram recolhidos da via pública.

Chimpanzé mais velho da Europa morre aos 66 anos na Escócia

Blossom, o chimpanzé mais velho da Europa, morreu aos 66 anos, no dia 11 de novembro, num Safari Park, na Escócia.