Espanha | Homem condenado a um ano de prisão por matar seis crias de cão

Espanha | Homem condenado a um ano de prisão por matar seis crias de cão

Um homem, que alegadamente matou seis crias de cães, foi condenado a um ano de prisão, na cidade de Zamora, Espanha, e vai ficar impedido de ter animais em casa durante dois anos.

“Uma vez mais as sentenças são muito curtas, mas vão criando jurisprudência”, considerou a associação de defesa animal de Zamora, que denunciou o caso ocorrido em outubro do ano passado.

Em 2017, esta associação já denunciou três casos na sequência de maus tratos a um cavalo e ainda um homem que enforcou os seus dois cães.

“Quando se vivem estas atrocidades na primeira pessoa, nenhuma condenação te parece suficientemente dura. Quando és tu que resgatas um cavalo cheio de vermes nos seus tumores e subnutrido; quando és tu que tiras de um contentor uma cadela enforcada com uma corda, quando és tu que denuncias um homem que diz que vai matar seis cachorros, nenhuma sentença consegue resolver o dano causado”, sublinhou a presidente da associação, Miriam Garcia.

Fotografia: Arquivo Global Imagens

Artigos relacionados

São precisos Coordenadores Distritais para o Banco Solidário Animal

O Banco Solidário Animal é uma das iniciativas mais importantes da Causa Animal, que decorre em maio e em setembro.

Martin e Paquito: um homem e um galo que são os melhores amigos

Por vezes, o melhor amigo do homem pode ser um galo. Prova disso é a forte amizade entre Martin Herrera, um costa-riquenho de 58 anos, e Paquito, um galo, que são agora inseparáveis.

Sete anos depois… a cadela Zara é encontrada e está de regresso a casa

A Zara de raça Labrador, que havia desaparecido durante uma tempestade em Vila Nova de Gaia, foi encontrada em Ovar, sete anos depois.