Dia Mundial da Tartaruga no Jardim Zoológico

Saia da carapaça e conheça o fascinante mundo das Tartarugas! É o convite do Jardim Zoológico que alerta para o perigo de extinção de um dos répteis mais antigos do mundo.

No dia 23 de maio comemora-se o Dia Mundial da Tartaruga e o Jardim Zoológico tem preparadas diversas atividades para celebrar a vida deste réptil peculiar.

As iniciativas, que decorrem entre os dias 21 e 25 deste mês, pretendem promover o conhecimento dos visitantes sobre estes animais, alertá-los para o risco de extinção e incentivá-los a contribuir para a sua conservação, através do Apadrinhamento Individual.

No Reptilário, pelas 14h30, miúdos e graúdos serão convidados a conhecer algumas das 15 espécies de tartarugas que habitam no Zoo, e a participar num Encontro com o Tratador. Além de poderem explorar diversas temáticas sobre este grupo de vertebrados, terão ainda a oportunidade única de ver de perto alguns materiais zoológicos, como carapaças, ovos e escamas de diferentes cores e tamanhos.

As tartarugas caracterizam-se pela carapaça dura, formada por placas ósseas fundidas com o esqueleto. Conhecidas pela sua longevidade (algumas espécies podem viver mais de 100 anos), são alvo de inúmeras ameaças, como a captura e recolha dos adultos, juvenis e ovos para consumo humano, o comércio de espécies exóticas e a destruição dos habitats, o que tem vindo a reduzir drasticamente a população da maioria das espécies de tartaruga.

O Zoo participa ativamente na conservação da Tartaruga-do-egipto (Testudo kleinmanni) através do seu Programa Europeu de Reprodução de Espécies Ameaçadas (EEP); colabora para o Studbook Europeu da Tartaruga-de-pescoço-comprido-de-roti (Chelodina mccordi) e coordena o Studbook Europeu da Tartaruga-espinhosa (Heosemys spinosa).

Das 15 existentes no Jardim Zoológico, 7 encontram-se atualmente em perigo de extinção, sendo premente a modificação dos comportamentos no sentido da sua conservação.

“A passo de tartaruga” ou não, visite o Jardim Zoológico e apadrinhe uma tartaruga. Seja um verdadeiro “ninja” pela conservação da Natureza.

Artigos relacionados

Brinquedos, comida ou pessoas? Estudo revela que gatos domésticos preferem pessoas

Um estudo realizado por um grupo de investigadores da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos, concluiu que, entre brinquedos, comida e pessoas, os gatos domésticos escolhem a terceira opção.

Parlamento adia votação de iniciativas sobre animais no circo

O parlamento adiou, em sessão plenária, a votação de diversos projetos de lei das várias bancadas partidárias sobre animais no circo.

Dois cães que fazem a diferença

Partilhamos a história do Vadio e da Viana, os dois cães do Centro Comunitário da Gafanha do Carmo, que tornam o dia-a-dia de todos mais especial! De acordo com um