Cão terá sido agredido violentamente por funcionários de aeroporto em Xangai

Cão terá sido agredido violentamente por funcionários de aeroporto em Xangai

Funcionários de um aeroporto terão agredido um cão de raça Golden Retriever quando este fugiu da transportadora antes de um voo partir. O dono do cão, de 23 anos, só deu conta do que tinha acontecido depois de ter estado uma hora à espera que lhe entregassem o animal, que chegou ao Aeroporto Internacional de Tianhe, em Wuhan, com graves ferimentos nos olhos e no corpo.

O dono garantiu que alguém usou “força excessiva” por algum motivo. Pediu esclarecimentos aos responsáveis e concluiu ter-se tratado de uma situação de emergência, segundo avança o jornal britânico ‘Metro’, uma vez que o voo, que partiu de Xangai, se atrasou 40 minutos devido ao facto de o cão ter fugido do local onde estava.

O dono do animal pede outra justificação e confessa que poderá pedir uma indemnização ao aeroporto e à companhia aérea caso isso não aconteça. O cão continua num hospital veterinário, sendo que ainda não recuperou totalmente dos ferimentos.

Foto: © Reprodução/Asia Wire

Artigos relacionados

Bombeiros demoraram mais de quatro horas a resgatar gata de uma árvore

Os Bombeiros Voluntários de Caminha, em Vila de Mouros, demoraram mais de quatro horas para resgatar uma gata de uma árvore, que estava a cerca de 20 metros de altura.

Uma família diferente: um cão, um gato e uma ratazana

O cão Sasha, o gato Jack e a ratazana Tweaks tornaram-se famosos na Internet depois de terem sido recolhidos pela Oshkosh Area Humane Society, no Wisconsin (EUA).

Dia Mundial do Animal no MAR Shopping Matosinhos

No fim-de-semana de 30 de setembro e 1 de outubro, o MAR Shopping Matosinhos promove uma ação de angariação de donativos e de sensibilização sobre as vantagens de tornar o seu companheiro de quatro patas dador de sangue.