Cão morre enquanto viajava no porão de um avião da TAP

Num voo entre Madrid e Porto, que dura cerca de 1h15, um Bouledogue Francês morreu, enquanto viajava no porão de um avião da TAP.

A denúncia, feita por Milton Costa, o dono do animal, quando viu o estado em que se encontrava o seu cão. No seu Facebook, Milton mostra-se indignado, dizendo “quando fui recolher o meu cão do avião, parecia que tinha sido transportado dentro de um forno. Estava a arder e morreu asfixiado de tanto calor”. Milton acompanha o texto com uma fotografia do seu cão, que não aconselhamos as pessoas mais sensíveis a verem.

Quando se aperceberam da situação, foi chamado um médico veterinário que pronunciou o óbito, no local.

Segundo o NIT, a TAP já reagiu, e defende-se dizendo que estavam reunidas todas as condições para o transporte. Desde que cumpram todas as normas de higiene e segurança, os animais que pesem menos de 8 kg podem viajar com o passageiro na cabine, e os que têm acima de 8 kg e máximo de 32 kg, devem ir no porão, numa transportadora própria.

Consulte AQUI as condições de transporte de animais pela TAP.

 

 

NOTÍCIAS RELACIONADAS:
»
EUA | Cão morre durante voo dentro do compartimento de bagagem

Artigos relacionados

Indonésia | Orangotango morre após ser atingido 130 vezes com arma de pressão de ar

Quatro homens e uma criança foram detidos por ferirem um orangotango, na ilha de Bornéu, Indonésia, que acabou por morrer depois de ter sido atingido cerca de 130 vezes com uma arma de pressão de ar.

Homem detido por atar cão ao carro e o obrigar a correr

Tudo aconteceu em Valverde de la Virgen, em Leão, Espanha, com o animal, de raça Mastim, a não resistir ao cansaço e a acabar mesmo por morrer.

Cão Pitbull torna-se herói ao salvar menino que ia ser afogado pela própria mãe

Uma mulher de 27 anos levou os dois filhos, de 5 e 9 anos, a um rio da cidade para os afogar. Conseguiu matar o mais velho, mas o mais novo salvou-se.