Bombeiros de Valongo resgatam cães soterrados

Ao início da tarde do dia 1 de janeiro a Equipa Cinotécnica dos Bombeiros de Valongo foi accionada para um Salvamento Animal. Luís Tavares (21 anos) e Pedro Batista (39 anos), ambos voluntários nesta unidade especializada no salvamento de pessoas e animais, foram os operacionais que efetuaram este resgate.

Os dois cães de caça perseguiram um coelho até a uma mina situada na Sobreira, em Paredes. Ficando enclausurados numa galeria da mina (com cerca de 600 metros de comprimento), após um deslizamento de terras no seu interior, que tapou a saída.

O dono procurou os cães durante 5 dias, conseguindo localizá-los pelos latidos. Foram então chamados os Bombeiros de Cete, mas perante o cenário foi acionada a Equipa Cinotécnica dos Bombeiros de Valongo. Após ser efectuada uma análise pormenorizada ao interior da galeria e à sua segurança foi efectuada a abertura de acessos até junto dos cães.

O resgate demorou 5 horas, durante as quais abriram o acesso e rastejaram no interior da mina até aos animais, mas no final os dois cães foram entregues ao seu proprietário.

Fonte: Equipa Cinotécnica dos Bombeiros de Valongo

Artigos relacionados

Petição contra utilização de animais nos circos reuniu 16 mil assinaturas

A associação ANIMAL vai entregar uma petição com 16 mil assinaturas ao presidente da Assembleia da República a solicitar a proibição de todos os animais nos circos.

Consumo de carne de gato e cão passa a ser proibido em Taiwan

A penalização para quem o fizer será multa que pode ir dos 1500 euros até aos 60 mil euros, num país que se tornou o primeiro do continente asiático a avançar com esta proibição.

Cão de família chinesa salva bebé que havia sido enterrado vivo

Um cão de uma família chinesa fugiu e os donos foram encontrá-lo a escavar um buraco de forma desesperada.