Armas de fogo apreendidas por maus-tratos a animal

O Comando Territorial de Porto, através do Posto Territorial de Marco de Canaveses, no dia 30 de abril, apreendeu duas caçadeiras de calibre 12, no âmbito de um crime por maus-tratos a animais de companhia, naquela localidade.

O suspeito, na noite do dia 29 de abril, ouviu o ladrar dos seus canídeos, tendo-se deslocando ao exterior da sua residência com uma arma de fogo, tendo supostamente efetuado um disparo no intuito de afugentar o animal que se encontrava na via pública, acabando por o atingir mortalmente.

Os militares, deslocaram-se de imediato ao local tendo identificado o autor do disparo, um homem de 47 anos, e apreendido as armas de fogo.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Marco de Canaveses.

Fonte: Guarda Nacional Republicana

Artigos relacionados

Realizada operação de fiscalização contra furtivismo e práticas ilegais de captura

O Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF), em conjunto com o Serviço de Proteção da Natureza e do Ambiente (SEPNA) da GNR, levou a cabo uma ação de fiscalização, sensibilização e informação.

Compra & venda de animais

No dia 5 de junho entrou plenamente em vigor a Lei que regula a compra e venda de animais de companhia em estabelecimentos comerciais e através da Internet e que proíbe a venda de animais selvagens online.

APCA supera objetivo de campanha de crowdfunding

Campanha de crowdfunding da APCA angaria 2.614€ para adquirir mais cães para iniciar o processo de treino e certificação.