ÂNIMAS forma Duplas em Intervenções Assistidas por Animais

O Curso de Formação de Duplas em Intervenções Assistidas por Animais (IAA) promovido pela ÂNIMAS decorreu em Vila Nova de Gaia, com a frequência de 14 formandos que assistiram a 150 horas de formação, durante 6 meses.
.
De acordo com a ÂNIMAS foram “muitos quilómetros percorridos, muito estudo e dedicação e na última semana, muito stress. De um total de 2.100 horas, apenas 64 horas não foram assistidas”. O nível de satisfação do Curso atingiu os 100%, sendo que 21% dos formandos tiveram nota de 19 valores, tendo chumbado dois formandos.

Nesta edição foram entregues novos peitorais para os cães em cortiça. “A ÂNIMAS passará a usar este material para os seus cães, apostando num material com qualidade e que permite outra maneabilidade no desempenho das funções que forem atribuídas aos cães e, ao mesmo tempo, associar a ÂNIMAS a um produto português, de excelência”, refere a organização.

No final, a ÂNIMAS desejou às novas Duplas que “desenvolvam projetos aliciantes, sempre com respeito pelo Bem-Estar animal, com ética e profissionalismo”.
.
A ÂNIMAS é uma Associação sem fins lucrativos que visa ceder de forma gratuita Cães de Assistência, promover programas de Intervenções Assistidas por Animais e realizar ações de formação e trabalhos de investigação científica. Sendo uma entidade certificada pela Assistance Dogs International, pela Assistance Dogs Europe, divulgada pelo Instituto Nacional para a Reabilitação e reconhecida como IPSS, com Estatuto de Utilidade Pública.
.
.

Artigos relacionados

Já conhece a Campanha “Quebrar o Silêncio”?

Nos fins-de-semana de agosto e setembro, conheça a Campanha de Conservação “Quebrar o Silêncio” com o Jardim Zoológico, que tem como foco as aves, em particular, as aves de canto do Sudeste Asiático.

Espanha | Hipopótamo foge de circo e passeia pelas ruas de Badajoz

Um hipopótamo gerou o pânico esta segunda-feira em Badajoz, Espanha, no município de La Garrovilla, com os habitantes a estarem em sobressalto durante cerca de uma hora.

Austrália investiga morte de koala que apareceu preso a um poste

As autoridades da Austrália abriram uma investigação para esclarecer as causas da morte de um koala que apareceu preso a um poste de madeira num parque do nordeste do país.