ÂNIMAS entrega mais um Cão de Assistência

A ÂNIMAS entregou mais um Cão de Assistência gratuitamente, após “Mira” e Elisabeth, mãe do Victor, terem realizado e superado os exames teórico e prático, tornando-a oficialmente Cão de Assistência.

A “Mira” é uma cadela que foi resgatada das ruas do Porto pela Presidente da Assembleia Geral da ÂNIMAS, Professora Fernanda Martins. Ao fim de um ano de reabilitação foi avaliada pela Comissão de Instrutores da ÂNIMAS e iniciou o processo de instrução para ser um Cão de Assistência. Tendo iniciado o processo de acoplamento (introdução na família) em finais de maio.

Desde que a “Mira” acompanha o Victor que:
» As suas convulsões diminuíram drasticamente;
» O stress com as injeções diárias desapareceu, pois quando as toma, está acompanhado pela “Mira”;
» A coordenação motora melhorou;
» Aumentou e melhorou o vocabulário, passou a concentrar-se durante mais tempo e já não precisa de ter a companhia dos seus familiares a tempo inteiro;
» Nas palavras do pai, a “Mira” ajudou o Victor e toda a família a serem mais felizes.

A ÂNIMAS agradece o trabalho realizado pelo Instrutor de Cães de Assistência Eng. António Correia Neves.

Nas fotografias está a Presidente da ÂNIMAS, Professora Liliana de Sousa, a mãe Elizabeth Almeida Deschauer, o Victor e a “Mira”, e alguns momentos do exame prático.

Artigos relacionados

Veterinários preocupados com venda sem receita de antibióticos para animais

A Ordem dos Médicos Veterinários manifestou-se preocupada com a venda sem receita médica de antibióticos para animais denunciada pela Deco e alertou para a dificuldade de tratar algumas doenças causadas por bactérias cada vez mais resistentes.

Jardim Zoológico recebe Skype-a-Thon

Nos dias 28 e 29 de Novembro, o Jardim Zoológico vai receber o Microsoft Global Event Skype-a-thon, um evento educativo internacional. Nestes dois dias escolas de todo o mundo vão realizar visitas virtuais à morada mais selvagem de Lisboa.

Grupo de reformadas cria roupa para galinhas em Boston

Um grupo de senhoras reformadas de Boston, nos Estados Unidos, criou um plano para manter quentes as aves de capoeira durante o inverno muito frio.