1ª Gala da Associação Pata D’Açúcar

1ª Gala da Associação Pata D’Açúcar

A Associação Pata d’Açúcar – Medical Dogs fos Diabetics organiza a sua primeira Gala Solidária no dia 20 de janeiro (sábado), às 21h30, no Fórum Cultural do Seixal.

É uma Gala Solidária para angariação de fundos, na qual serão entregues oficialmente aos seus tutores dois cães resgatados e treinados pela Associação Pata d’Açúcar para a detecção de hipoglicemias em diabéticos tipo1 (insulinodependentes) no âmbito do primeiro protocolo social.

O embaixador da Gala é Isaac Alfaiate, que será apresentada por Ana Lúcia Matos e vai contar com várias presenças e atuações, incluindo os The Gift. A entrada é gratuita. Link do evento no Facebook.

A Associação Pata D’Açúcar é uma associação sem fins lucrativos, constituída legalmente em dezembro de 2016, cujo objetivo é impulsionar, promover, propor, proceder e auxiliar o treino de cães com vista à deteção antecipada de crises de hipoglicémia em seres humanos portadores da doença de diabetes.

Este projecto surgiu de um desafio lançado por um diabético a um treinador de cães, que rapidamente se tornou num estímulo para desenvolver um trabalho conjunto fundamentado em pesquisas e, posteriormente, colocadas em prática com o apoio de uma equipa multidisciplinar constituída por Endocrinologistas, Biólogos, Treinadores e Diabéticos.

No encalço do seu objetivo, a associação desenvolveu o projeto, pioneiro em Portugal, que engloba duas causas sociais em simultâneo, dar um contributo para a diminuição do abandono de animais em Portugal e em paralelo permitir aos diabéticos dispor de mais um meio complementar de controlo das suas glicemias.

Os objectivos definidos pela Associação incidem no resgate e requalificação de dois cães por ano, e posteriormente o treino dos mesmos com a finalidade de proporcionar aos diabéticos uma melhor qualidade de vida.

O conceito do projeto assenta na triangulação da ideia do cão como animal de companhia, o aproveitamento das suas capacidades olfativas inatas e a capacidade final, após o treino, de detetar e sinalizar baixas de glicemia. A conciliação dos três fatores reforçam os laços afetuosos entre o homem e o cão, passando este a ser visto não apenas como animal de companhia mas como um poderoso auxílio preventivo para a gestão dos níveis de glicose no sangue de um diabético.

Pode obter mais informações e acompanhar o trabalho da Associação Pata d’Açúcar em:
www.patadacucar.comwww.facebook.com/patadacucar/

Artigos relacionados

Sem-abrigo acaba detido pela PSP após agredir cães em Lisboa

Um homem sem-abrigo, de 33 anos, foi detido pela PSP na sequência de ter agredido violentamente os dois cães que o acompanhavam diariamente na Baixa de Lisboa.

Finlândia | Golfista decapita ganso para acabar com o seu sofrimento

Um homem golfista, cuja identidade não foi revelada, foi filmado a decapitar um ganso com um taco de golfe, na Finlândia, na semana passada, mas já veio a público explicar a razão pela qual o fez. 

Rottweiler Clube de Portugal solidário com a vítima e família

O Rottweiler Clube de Portugal publicou um comunicado na sua página de Facebook em que lamenta este incidente com a raça, mostrando-se totalmente solidário com a vítima e respetiva família.